EXPOSIÇÃO FÉ E ALEGRIA APRESENTA O LEGADO MESTIÇO BRASILEIRO NA GALERIA NELSON DAIHA

MOSTRA MESTIÇA
@Marcello Fontes
Foto Lucia Lima



Vem de São Francisco do Conde, interior da Bahia, com muito estilo e cultura, e também com pegadas no sincretismo religiosos africano, as imagens da fotógrafa Lucia Correia Lima, que abrirá nesta terça, 7, a exposição ‘Fé e Alegria – Legado Mestiço Brasileiro’, na Galeria Nelson Daiha, que fica no Senac Pelourinho. Dividida em duas partes, a primeira retrata os registros do ritual de candomblé Saída de Iaô, do Ilê Axé Sarapocan de São Francisco do Conde (BA), incluindo uma das mais singulares manifestações da região os Capas Bodes. Já a segunda etapa, a fotógrafa exporá fotografias selecionadas de sua cobertura do Carnaval do Centro Histórico de Salvador. Em tempo, dois dias após a abertura da mostra, na quinta, 9, Lucia recebe convidados de sua vernissage, às 18h, e após passar pela Galeria Nelson Dahia, metade da exposição será exibida em Paris, marcando assim, a segunda presença da artista na Cidade da Luz, que, de lá, segue para Portugal.

Arquivo

Mostrar mais